ARRÁBIDA | 10 PERCURSOS PEDESTRES A REALIZAR

O Parque Natural da Arrábida, a poucos minutos de Lisboa, é um dos locais preferidos dos habitantes das redondezas para a realização de percursos pedestres. Existem diversos trilhos longo do Parque Natural. Em todos esses percursos, terá a oportunidade de desfrutar da Natureza envolvente mas também de contemplar monumentos e outros locais de interesse. Como em qualquer outra actividade que implique esforço físico, não deve esquecer-se que para realizar estas caminhas é necessários alguns cuidados e, obviamente, estar em forma. E idealmente acompanhado por um guia local.


Convento da Arrábida

O Parque Natural da Arrábida pode ser visitado em qualquer altura do ano, dada a amenidade do clima, contudo, do ponto de vista paisagístico, a primavera e o outono são as estações que proporcionam uma paisagem de coloridos mais diversificados. Tome algumas precauções especiais no Inverno, tais como ter em atenção as previsões meteorológicas, evitando a realização de actividades em dias de muita chuva, trovoadas e/ou nevoeiro. No Verão, as actividades deverão ser, preferencialmente, realizadas fora das horas de maior calor e evitando os períodos mais críticos de alerta contra incêndios. Estes são os melhores percursos pedestres para descobrir a Arrábida!


1. Percurso Encostas de Palmela


Moinhos da Serra do Louro - Palmela

Breve descrição: Caminho sinuoso localizado ao longo da cumeada da Serra do Louro, tendo como envolvente alguns moinhos de vento, ladeado por vegetação. Passagem obrigatória pela estação arqueológica de Chibanes (povoado habitado entre os Séc. III e I a c). Passagem pela Aldeia da Quinta do Anjo – Vinhos e queijo de Azeitão. Pastagens para o gado ovino leiteiro. Visita a sepulturas do Neolítico.


Pontos de interesse: Moinhos na Serra do Louro; Estação Arqueológica de Chibanes; Quinta do Anjo; e Sepulturas do Neolítico.


2. Percurso Serra de São Luís


Capela de São Luis

Breve descrição: Caminho a meia encosta da Serra, circulando no sentido de poente / norte / nascente e sul. Passagem por campos de pastagens e áreas florestais. Vistas panorâmicas para todos os quadrantes: Palmela, Setúbal, Rio Sado, Tróia e Serra da Arrábida.


Pontos de interesse: capela de S. Luís da Serra (arquitectura popular); Estação Arqueológica do Pedrão – povoado do Calcolítico ocupado no séc. I a. C. (Idade do Ferro); e vistas panorâmicas.


3. Percurso Gaiteiros


Vale dos Barris - Palmela

Breve descrição: Caminho a subir até atingir a cumeada da Serra, por entre vegetação rasteira. Panorâmicas fantásticas sobre Setúbal, Rio Sado e Península de Tróia.


Pontos de interesse: principalmente no troço superior da Serra de Gaiteiros apreciar a panorâmica sobre a cidade de Setúbal e arredores; perto das antenas retransmissoras de TV, observar Palmela e o seu castelo.


4. Percurso Serra de São Filipe


Forte de São Filipe - Setúbal

Breve descrição: caminhada inicia-se junto ao histórico Forte de São Filipe. passando pelo Vale da Comenda.


Pontos de interesse:Fortaleza de S. Filipe. Na aldeia do Grelhal, exemplar de parte do troço de Via Romana (séc. I a.C.).


5. Percurso Alcube


Quinta de Alcube

Pontos de interesse: Passagem por área florestal, sobretudo de pinhal manso, pastagens, e mais próximo da Aldeia Grande, o único montado de sobro do Parque.


6. Percurso Picheleiros


Moinho dos Cucos

Breve descrição: Junto ao Moinho do Cuco a poente, grande panorâmica sobre o Vale de Picheleiros e toda a vertente Norte das Serras da Arrábida e do Risco. Na Aldeia de Oleiros, poderá apreciar o Chafariz do Séc. XVIII.


Pontos de interesse: panorâmica para sul (moinho do Cuco) e áreas agro-florestais. Aldeia de Irmãos – Chafariz de Oleiros (séc. XVIII).


7. Percurso das Três Aldeias


Ermida de São Pedro

Breve descrição: Percorre-se cerca de 1km na E.N. 379.1. Atravessa-se uma zona florestal de pinhal bravo. Em seguida passa-se pelas Aldeias, deparando-nos com os seus núcleos urbanos ainda conservados.


Pontos de interesse: maciços de pinhal manso; arquitectura popular nas Três Aldeias; Capela de S. Pedro.


8. Percurso da Ramada



Breve descrição: Saída de Vila Nogueira de Azeitão em direcção ao sul, com percurso em caminho entre muros até atingir o Alto da Madalena. Uma vez aí, inicia-se a descida até ao Vale de Picheleiros, por entre floresta de pinhal bravo, que se estende por vários quilómetros. Mais próximo da aldeia de Casais da Serra atravessam-se áreas de pastagens.


Pontos de interesse: moinho da Torre, Vale de Picheleiros, e Serra da Arrábida.


9. Percurso Terras do Risco


Serra do Risco

Breve descrição: caminho que atravessa uma planície, onde se vê para sul a Serra do Risco com os seus 380 metros de altitude. Mais à frente vê-se a Quinta do Calhariz e o palácio.


Pontos de interesse: paisagem para sul, Convento de El Carmen, Marmitas dos Gigantes, Gruta do Fojo, Brecha da Arrábida.


10. Percurso Portinho da Arrábida



Breve descrição: caminho que atravessa a Fenda da Arrábida, de onde se pode ter uma vista privilegiada sobre a praia do Portinho da Arrábida e Ilha da Anicha, passando pela pequena capela da Santa Margarida do século XVIII localizada no interior de uma gruta com o mesmo nome.


Pontos de interesse: Lapa de Santa Margarida, Convento da Arrábida, Fenda da Arrábida, Ruínas Romanas, Forte de Santa Maria



32 visualizações

CONTATOS

Parta à descoberta das maravilhas naturais do Parque Natural da Arrábida e do Parque Natural Sintra-Cascais, conheça os seus valores naturais.

Consulte-nos.

logo vertical Whatsapp.png
Turismo de Natureza.jpg
2611-adolfo-mesquita-nunes-e-joao-vascon

Copyright © 2019 By Discover The Nature - Outdoor Events

RNAAT 045/2019

livro_reclamacoes-500x-207-b.png