12 Festas, Feiras e Romarias de Setúbal

Feira de Sant’Iago

Com mais de 400 anos de existência, a Feira de Sant’Iago continua a ser a principal festa da região de Setúbal e uma das maiores feiras do sul do País.

Empresas e instituições marcam presença juntamente com o tradicional artesanato.

A animação é assegurada por vários divertimentos e um programa de espetáculos sempre aliciante.

Data de realização: última semana de julho e primeira de agosto

Local: Parque Sant’Iago (Manteigadas)


Festa de Nossa Senhora do Rosário de Tróia

O desfile de embarcações engalanadas entre Setúbal e a Caldeira de Tróia é o rito da Festa de Nossa Senhora do Rosário de Tróia.

Depois de uma missa em honra dos marítimos falecidos, na Igreja de S. Sebastião, os devotos atravessam o Sado, em barcos engalanados, até Tróia. Na primeira noite, realiza-se uma procissão de velas pela praia.

Além das cerimónias religiosas, há lugar para o convívio noturno, com bailes e arraiais. No segundo dia das festas, ainda em Tróia, realiza-se o Concurso de Barcos Engalanados.

Data de realização: segunda quinzena de agosto


Festa de Nossa Senhora da Arrábida (Círio Novo de Setúbal)

Festa dos pescadores e marítimos do Bairro de Tróino em homenagem à sua santa protectora. No passado, os festejos iniciavam-se na sexta-feira com bandas que percorriam a cidade anunciando a Festa. No sábado era a partida de barco até ao convento. No domingo tinham lugar as celebrações religiosas e o regresso fazia-se na segunda-feira em cortejo marítimo. O tempo passado no convento era de constante alegria, com petiscos, cantares ao desafio e bailaricos que duravam toda a noite. Atualmente estão reduzidas a um dia e o cortejo faz-se por via terrestre. Data de realização: início de julho

Festa de Nossa Senhora da Saúde

Inicialmente apenas de cariz religioso estas festas já com 285 anos de existência passaram a ter também uma componente profana a partir do séc. XIX. Na atualidade, as festas da Senhora da Saúde guardam muito da genuinidade das festas de outros tempos – a missa e a procissão, mas também a quermesse, o coreto onde atuam as bandas de música e as cavalhadas. Data de realização: na primeira semana de setembro Local: Vila Fresca de Azeitão

Festa do Moinho de Maré da Mourisca

Apesar de ser uma festa relativamente recente é já uma das com maior expressão cultural, desportiva, religiosa e gastronómica do Concelho. Data de realização: último fim de semana de agosto





Festas de S. Pedro de Alcube

De cariz religioso e com mais de cem anos de existência, realizam-se na Aldeia Grande. Data de realização: na última quinzena de julho







S. Gabriel em Festa

Espetáculos, artesanato, pintura e, no último dia dos festejos, a eleição da Miss Coletividades marcam estas festividades.

Data de realização: início de junho

Local: Ringue de S. Gabriel






FESTANIMA

Festa de cariz gastronómico, a que se aliam a música ao vivo e o convívio entre os moradores e os visitantes.

Data de realização: em agosto

Local: Escarpas de Santos Nicolau




Festas de S. Simão


O evento alia a vertente gastronómica, presente em vários stands, o artesanato e momentos de grande animação musical. Data de realização: em agosto Local: Brejos de Azeitão




Festas da Arrábida e Azeitão

Concertos, exposições, comes e bebes e artesanato regional marcam esta festa que atrai milhares de pessoas à principal praça de Azeitão. Data de realização: meados de julho Local: Rossio de Azeitão




Festa de S. Luís da Serra

A primeira festa do calendário dos antigos círios e romarias setubalenses. As festas deste santo – padroeiro dos pastores da Serra da Arrábida – eram, sobretudo, a ocasião para uma alegre confraternização entre os pastores e camponeses e as gentes do mar. A festa ainda mantém alguns aspectos de tempos antigos – a quermesse, os piqueniques, os jogos tradicionais. Data de realização: data móvel – domingo de Pascoela Local: Serra de S. Luís

Festa do Senhor do Bonfim

Marcava o início da época da faina e era nela que os pescadores e marítimos pediam ao seu padroeiro a proteção contra os perigos e a bênção para boas pescarias. Eminentemente religiosa, esta festa tem como momento alto a procissão com imagens do Senhor do Bonfim e as da Nossa Senhora da Arrábida e Nossa Senhora do Rosário de Tróia – as santas protetoras das duas antigas comunidades de pescadores de Setúbal (Fontainhas e Tróino), que segue até ao cais onde são abençoadas as embarcações de pesca. Data de realização: primeiro fim-de-semana de maio.



Fonte: VisitSetúbal

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo